Aos que esperam
(Danilo Portela/Fernando Japiassu)

 

Aos que esperam da vida mais um dia
Esperam do dia mais um pouco
Esperam do pouco uma alegria
Alegria de um dia após o outro
Aos que amaram e conhecem o que é o amor
Esperam do amor felicidade
Pensam que amar só traz a dor
Mas nunca amaram de verdade
Aos que enxergam a verdade interior
E por ela orientam a vontade
As ovelhas que fogem do pastor
O transe noturno da cidade

Adormece e nem liga pro mundo
Embriaga os que sonham demais
Contra a morte o veneno é a vontade
Dos que fazem agora